Passo 2 - Acompanhando seu Fundo de Investimento e entendendo as taxas

Agora vamos te mostrar como acompanhar os rendimentos do seu investimento!

mceclip1.png

1º) Clique na aba "Meu dinheiro > Meus investimentos";

2º) Resgate: Quantidade de dias em que o dinheiro entra em sua conta após a solicitação de resgate (esses dias variam de fundo para fundo). No caso da foto, o dinheiro entraria em 32 dias se você solicitasse hoje (D+32). Após esses dias, o dinheiro estará disponível em sua conta após as 17h;

3º) Rentabilidade Líquida em %;

4º) Valor que você aplicou no Fundo;

5º) Valor Bruto atualizado, ou seja, com as taxas ainda inclusas;

6º) Tributos: IOF¹ e IR² (ambos retidos na fonte);

7º) Valor Líquido atualizado, ou seja, com as taxas já deduzidas.

 

 ¹Sobre o IOF nos Fundos de Investimentos:

É cobrado sobre o rendimento e respeita a alíquota regressiva! Isso quer dizer que após 30 dias você não paga IOF, dê uma olhada na tabela abaixo:

mceclip0.png

Importante: IOF não incide sobre os Fundos de Ações!

²Sobre o IR nos Fundos de Investimentos:

mceclip1.png

Viu Come-Cotas na tabela acima e não sabe o que é? Sem problemas, a gente te explica!

Come Cotas é uma antecipação do Imposto de Renda devido que é cobrado no último dia dos meses de maio e novembro, independente da data da aplicação, ou seja, o governo recolhe semestralmente esse imposto antes do seu resgate!

O Come Cotas é calculado apenas sobre a rentabilidade e, ao realizar o resgate do fundo, é calculado a diferença do imposto devido e o valor já debitado com o come cotas.

Fundos sujeitos ao Come Cotas:

  • Fundos Cambiais;
  • Fundos DI;
  • Fundos Renda Fixa;
  • Fundos Multimercado.

Esse artigo foi útil?