Com o produto Alavancagem AçõesMaisOpções, como funciona para Opções?

Temos que o cálculo de margem é feito através do cálculo dos cenários de stress usando choques sobre a posição do investidor, para cima e para baixo, sobre vários cenários. O investidor não poderá carregar um risco de stress maior que o patrimônio elegível desagiado, podendo ter sua posição enquadrada até o final de pregão. De maneira alusiva, a exposição máxima do investidor para poder passar posicionado é equivalente a ficar vendido em Call e/ou Put e o somatório de Strike x Quantidade terá que ser igual ou inferior a 2x o Patrimônio Elegível Desagiado para posição (ou 3x o patrimônio elegível desagiado para intraday). Você consegue consultar os deságios em sua área logada, clique aqui e confira.

Se o ativo objeto oscilar 50% do Strike, o investidor precisará ter patrimônio desagiado suficiente para acomodar esta oscilação. O limite de compra de opções sem saldo é concedido através da liberação de limite de prêmio de até 10% do patrimônio elegível desagiado. Do ponto de vista da venda a descoberto de opões, o limite de prêmio que será liberado é de até 10% do patrimônio elegível desagiado. Para ambos os casos, compra e/ou venda, o investidor só está permitido a operar opções nos próximos dois vencimentos correntes. Caso o investidor alavanque mais do que o permitido a posição será reenquadrada automaticamente.

Os limites de intraday para ações e/ou opções, funcionam desde a abertura do mercado, até 30 minutos antes do fechamento, chamamos esse período de “fechamento”. Os limites para poder ficar posicionado funcionam nesse período de fechamento e é o período no qual o modalmais faz o enquadramento das posições dos investidores. Por isso, é importante frisar que existem limites diferentes para intraday e para passar posicionado.

Caso alguma posição que esteja sendo carregada de um dia para o outro, tenha uma chamada de margem maior que o patrimônio elegível, o investidor poderá ter sua posição enquadrada até o final do pregão. Utilizaremos dos melhores esforços para que os investidores que amanhecerem nessa situação de desenquadramento de margem, tais investidores sejam alertados por e-mail para realizar o seu próprio enquadramento visando dar a oportunidade do investidor se enquadrar. Mas, caso o investidor comece a operar sua carteira o modalmais irá aguardar até o período de fechamento (30 últimos minutos) para realizar o enquadramento da posição. Importante frisar que existem condições de mercado que obrigam o modalmais a realizar o enquadramento compulsório da posição do investidor.

Posso negociar todas as Opções listadas?

O investidor poderá comprar e vender todas as opções listadas, até os dois vencimentos seguintes. (Exemplo: Estou em Março, posso negociar Call e Put com vencimento até Maio).

Este produto respeitará a regra de risco no modalmais. Sua posição, por padrão, poderá ser encerrada a partir de um prejuízo de 50% do patrimônio elegível e, o valor percentual de zeragem compulsória, poderá ser configurado pelo investidor em até 70%, considerando a personalização do produto Meu Stop.

Vamos a um exemplo na prática de opções:

  • Patrimônio líquido elegível: R$ 10.000,00;
  • 3x o Patrimônio líquido elegível: R$ 30.000,00;
  • 10% sobre o Patrimônio líquido elegível: R$ 1.000,00;
  • Ticker do Ativo: COGND199;
  • Strike: R$ 2,00;
  • Prêmio: R$ 0,33.

1° Passo: Vamos calcular a quantidade de opções que podemos comprar com o limite de 10% do patrimônio líquido elegível:

Precisamos considerar, que o valor do prêmio x quantidade, não pode ser superior a 10% do patrimônio líquido elegível. Ou seja, terá que ser inferior a R$ 1.000,00.

  • Mas como chegamos neste valor?

Simples, basta realizar o cálculo inverso para descobrirmos a quantidade que podemos comprar, a fórmula seria:

Quantidade Limite (QL) = 10% do patrimônio líquido elegível / valor do prêmio
QL = 1000 / 0,33
QL = 3030

Porém, sabemos que em opções, negociamos múltiplos de 100 quantidades, arredondando assim para 3000 quantidades.

2° Passo: Vamos calcular para sabermos a quantidade de opções que o investidor poderia comprar, considerando a alavancagem de 3x do patrimônio líquido elegível para Intraday:

Para sabermos a quantidade de opções que o investidor poderia comprar, precisamos utilizar a seguinte fórmula:

Quantidade de Opções (QO) = Patrimônio líquido elegível x 3 / Strike
QO = 30.000 / 2 = 15.000

Neste exemplo, considerando a alavancagem de 3x, o investidor poderia operar no máximo 15.000 opções. Porém, como observamos no primeiro passo, o investidor tem um limite de 10% do patrimônio líquido elegível disponível, comparado com o prêmio, ou seja, ele pode negociar apenas até 3.000 quantidades.

 

Conclusão dos cálculos:

Como demonstrado nos cálculos, considerando apenas a alavancagem de 3x do patrimônio líquido elegível, o investidor conseguiria comprar 15.000 quantidades de opções. Porém, quando realizamos o cálculo para checar se o valor do prêmio x quantidade não ultrapassou o valor limite de 10% do patrimônio líquido elegível sobre o prêmio, percebemos que foi superior, precisando se reenquadrar no limite. 

Esse artigo foi útil?