Conheça os principais tipos de ordens para operar na bolsa

Tipos de Ordens:

  • ORDEM LIMITE (OU ORDEM LIMITADA)

Ordens do tipo Limite são executadas no preço determinado ou se houver oferta em um preço melhor. A compra ou venda não vai acontecer se não tiver oferta igual ou melhor que o preço registrado. Por exemplo, João deseja comprar a ação da empresa PETR3 por R$ 10,00, se aparecer uma oferta de R$ 10,00 ou menos, será executada. O contrário também é verdadeiro, se João desejar vender a ação por R$ 10,00, só será executada se o preço for R$ 10,00 ou maior. Veja que em ambos os casos, a ordem que o João apregoou, só foi executada na oferta enviada à mercado ou melhor.

Clique aqui para entender mais sobre ordem limite.

- Ordem Limite pode ser “pulada”?

Ordens do tipo Limite seguem a movimentação das ofertas dispostas no Book. Por este motivo, dependendo da oscilação do nível de preço das negociações, o preço limite da ordem pode ser ultrapassado e, por não haver oferta de contraparte para execução, a ordem fica em aberto no livro de ofertas aguardando execução.

  • ORDEM A MERCADO

Ordens a mercado são ordens que são executadas na melhor oferta de mercado. Ao solicitar a execução de uma ordem a mercado a mesma é enviada e executada no mesmo instante. Este tipo de ordem, especifica somente a quantidade e as características dos ativos e/ou derivativos a serem comprados ou vendidos.

Ordens a mercado, tem como característica ser EOC (Executada ou Cancelada) ou em inglês FOK (Fill or Kill).

Este tipo de ordem está exposto à Slippage. Slippage seria, por exemplo, uma ordem enviada a R$ 10,00 e executa à R$ 10,09 ou 9,90, ou seja, você envia uma ordem e ela não é executada no valor exato de que a ordem foi enviada, podendo ser executada maior ou menor. Este termo é usado para informar que o lucro da operação, pode ter sido diferente do esperado pelo investidor, podendo ser positivo ou negativo para o investidor.

Exemplo de Slippage na prática: 

mceclip0.png

- Pode ser que a ordem não seja executada?

Sim, dependendo do ajuste (“Gordura” que se é cadastrada para garantia da execução da ordem) a ordem pode ser rejeitada ou cancelada no mesmo instante do envio.

  • ORDEM STOP

Ordens do tipo stop tem como característica o cadastramento de dois preços para sua execução, o Preço de Disparo (Valor no qual a ordem será acionada para envio) e o Preço Limite (Valor no qual será cadastrado uma ordem limite para execução).

São utilizadas como como estratégia Loss ou Gain em operações, ou para definir entradas em operações compradas como um “Start de compra” (nestes casos utiliza-se um Stop Loss de compra para cadastrar uma compra acima da cotação atual de um ativo).

Clique aqui, para entender como enviar uma ordem STOP em seu Home Broker.

- Ordens Stop podem ser puladas?

Dependendo do intervalo de preço entre o valor de disparo e Limite da ordem, se este spread for muito curto pode ocorrer uma rápida movimentação de ofertas, fazendo com que a ordem fique cadastrada e não seja executada.

Validade das ordens:

  • Validade para o (DIA): Somente é válida para o dia em que foi aberta;
  • Validade até a data especificada (DES): O investidor define até qual a data a ordem ficará válida (máximo 30 dias);
  • Validade até cancelar (VAC): A oferta terá validade até que o investidor a cancele ou pela B3 quando o ativo fica Ex proventos (Grupamento, Desdobramento, Dividendos e outros);
  • Validade execute ou cancele (EOC): A oferta só tem validade no momento em que é encaminhada. O sistema executará a quantidade possível e cancelará o saldo remanescente automaticamente;
  • Validade tudo ou nada (TON): A oferta só tem validade no momento em que é encaminhada. Sua execução é feita integralmente ou o sistema a cancelará.

Ficou com alguma dúvida sobre ordens? Não hesite em contatar nosso time de especialistas nos canais de atendimento para que possamos lhe ajudar.

Sua ordem foi rejeitada e você não sabe o porquê? Clique aqui que lhe explicamos tudo que precisa saber sobre rejeição de ordens.

Esse artigo foi útil?