Tomador

O aluguel de ações é um tipo de operação que pode ser feita na bolsa de valores onde uma pessoa “empresta” um ativo para outra pessoa mediante o recebimento de uma taxa de aluguel pelo prazo em que as ações ficam emprestadas.

Na estratégia de Tomador, o investidor espera se beneficiar no mercado de ações em um cenário de queda. Para isso, o investidor realiza a venda de ações e as recompra posteriormente. Se o preço dela realmente vier a cair, ao recomprar mais barato, o investidor estará lucrando com a operação.

Porém, para realizar a venda de uma ação que o investidor não possui em carteira é necessário fechar um contrato de aluguel tomador. Para isso, o investidor pega "emprestado" por um determinado período, no mercado BTC, ações que foram disponibilizadas por um Doador a uma determinada taxa.

  • O que é preciso fazer para tomar um aluguel de ações e quais serão as garantias necessárias?

Para saber qual os procedimentos a serem tomados antes de fechar um contrato de aluguel tomador e quais as garantias serão exigidas pela B3, veja o artigo que preparamos sobre o assunto, clicando aqui.

  •  Quais serão as taxas pagas para se fechar um aluguel de ações como um Tomador? 

> Taxa de Intermediação do Agente de Custódia: 0,5% sobre o volume* do ativo vendido, sendo esta taxa de no mínimo R$50,00.

> Taxa do Doador: as taxas cobradas pelos doadores são diferentes para cada ativo. A cobrança desta taxa ocorre de forma pró rata, ou seja, sempre proporcional ao tempo em que você permanecer com o contrato.

> Taxa de liquidação da B3: 0,25% a.a. sobre a liquidação do contrato, sendo no mínimo R$10,00. É importante fazer uma observação sobre a liquidação: você pode realizá-la em partes. Por exemplo: digamos que você feche um contrato de aluguel tomador de 200 ações, por 30 dias. No 15º dia você decide liquidar 100 ações e as outras 100 você decide liquidar só 20º dia. Por ter liquidado o contrato duas vezes, a taxa de intermediação da B3 será paga duas vezes, neste exemplo. 

*Volume: preço médio do ativo no D-1 à abertura do contrato x quantidade.

Esse artigo foi útil?